Entrevista Comunicado de imprensa

Coletiva de imprensa THE LAST ROCKSTARS

26/11/2022 2022-11-26 01:00:00 JaME Autor: Nana Revisor: Christine

Coletiva de imprensa THE LAST ROCKSTARS

YOSHIKI, HYDE, SUGIZO e MIYAVI revelaram seu novo supergrupo, THE LAST ROCKSTARS, durante uma coletiva de imprensa transmitida mundialmente.


© THE LAST ROCKSTARS. All rights reserved.

Em 11 de novembro, YOSHIKI, HYDE, SUGIZO e MIYAVI reuniram-se em uma coletiva de imprensa com a mídia japonesa e internacional para anunciar um novo projeto, um novo supergrupo chamado THE LAST ROCKSTARS.

Em uma entrevista descontraída e engraçada que durou quase duas horas, eles contaram como surgiu a ideia da parceria, o significado por trás do nome do grupo, seus objetivos e como é trabalhar juntos.


MC: É incrível vê-los reunidos hoje. Por favor, nos contem sobre o que é este encontro.

YOSHIKI: Nós quatro, YOSHIKI, HYDE, SUGIZO e MIYAVI criamos juntos uma nova banda chamada THE LAST ROCKSTARS.

MC: Tenho certeza de que muitos estão surpresos com este anúncio. Teremos estes artistas internacionais juntos em uma banda. Com certeza, este será um supergrupo. Adoraríamos ouvir o que vocês têm a dizer sobre isso.

YOSHIKI: Então, vai ser tipo “Os Vingadores”.

MIYAVI: Quem é quem? (risos)

YOSHIKI: MIYAVI, você é o vilão. (risos) Talvez seja o cara legal...

MIYAVI: Eu sou o guitarrista. Estamos aqui para estremecer o mundo. Eu sempre quis tocar com esses artistas, então estou super animado de poder tocar com eles. Hoje é 1111, 11 de novembro, é um dia muito especial. Nós somamos 1 + 1 + 1 + 1, o que vai criar 1.111. Vamos conquistar o mundo. Obrigado.

HYDE: Oi, eu sou o HYDE. Estou muito animado de finalmente podermos estar aqui hoje. Estou muito animado mesmo! Um pouco nervoso também! (risos) Tudo é muito empolgante e inspirador.

YOSHIKI: Por que você está olhando pra mim? (risos)

MIYAVI: Porque você é muito inspirador… 

HYDE: Tudo isso vai deixar a minha vida muito animada, então nos aguardem.

SUGIZO: Eu sou o SUGIZO e toco na X JAPAN e na LUNA SEA. MIYAVI, você ainda está bem, mas para nós três este é o desafio final.

YOSHIKI: Ei! Do que você está falando? (risos)

SUGIZO: Calma! (risos) Nosso tempo de vida é limitado, então estamos aqui para abalar o mundo com esse tempo que ainda nos resta. estamos levando tudo isso muito a sério. Esta animação é algo que senti na minha adolescência, então eu quero estremecer o Japão e o mundo e passar esta sensação que agora posso sentir de novo. Espero que vocês possam nos apoiar.

YOSHIKI: MIYAVI, HYDE e SUGIZO têm seu próprio papel, em paralelo com “Os Vingadores”. Nós queremos mesmo cair no mundo. Cada um de nós continuará com as atividades de nossas bandas, mas nos tornamos “Os Vingadores” quando nos juntamos. Vamos levar esse desafio do Japão para o mundo.

MIYAVI: Você é o nosso líder, YOSHIKI.

YOSHIKI: Espero que vocês possam nos acompanhar. Obrigado.

[O logo aparece no telão.]

MC: Tenho certeza de que muitos estão surpresos de vocês estarem montando um supergrupo juntos. Podem nos contar um pouco sobre como isso aconteceu?

YOSHIKI: Na verdade, foi um processo natural. Nós nos encontramos como amigos com certa frequência e vínhamos conversando a respeito de trabalharmos juntos, SUGIZO e eu, MIYAVI e eu e HYDE e eu. Foi então que na pandemia tivemos mais oportunidades de conversar online. Mas, HYDE, foi você quem deu o ultimato.

HYDE: Sim, fui eu. Como YOSHIKI e eu fortalecemos a nossa amizade, vejo que a vida dele é o rock’n’roll, mas ele segue sem tocar bateria. Eu estava pensando como isso era possível... Era um desperdício de talento. Nós vemos YOSHIKI tocando piano, mas eu ainda sentia que era um desperdício de talento. Então, já que estávamos falando sobre isso, se a X não fosse continuar com suas atividades, eu tinha uma chance.

YOSHIKI: Eu fiquei muito surpreso. Vocês sabem, a X é instável e às vezes faz algum show. Eu posso tocar piano mesmo quando envelhecer, mas o HYDE disse que se eu quiser fazer rock é agora. Então, essa foi uma mensagem bem direta. (risos) Nós vínhamos conversando a respeito de trabalhar juntos, MIYAVI e SUGIZO também, mas agora tudo se conectou. Na verdade, MIYAVI e eu estávamos conversando sobre isso na mesma época.

MIYAVI: Nós trabalhamos juntos há dez anos. Queremos fazer uma música que faça o mundo pegar fogo. É uma honra poder trabalhar com esses artistas incríveis. Com a pandemia, a guerra na Ucrânia… o futuro parece um tanto obscuro, então vamos fazer alguma coisa que possa estremecer a população do Japão.

SUGIZO: Todos aqui acreditavam que as bandas de rock eram glamourosas, provocativas e empolgantes, e foi isso o que nos trouxe para esse mundo. Faz 30 anos desde que iniciamos nossas carreiras, mas quando olhamos para esse mundo, não há muitas bandas de rock glamourosas e provocativas, com aquele fogo na alma, aquele tipo de carisma… O rock está se acalmando e desaparecendo. As pessoas vão para a escola para aprender rock, e eu fico “Do que vocês estão falando?”. O rock deveria ser glamouroso e está se extinguindo… O rock glamouroso está para ser extinto. Então, o nome THE LAST ROCKSTARS foi escolhido porque os rockstars estão em extinção e precisamos revivê-los; este é o espírito por trás deste nome. Isso é o que eu quero fazer junto a essas pessoas incríveis. Quando olhamos para o mundo, como MIYAVI disse, ele está indo em uma direção pessimista, e este tipo banda cria amor, diversidade e paz. Então, queremos lembrar aquele sentimento que tínhamos quando éramos crianças e passar à geração Z e ao mundo o que o rock pode fazer… Esta banda vai ter esse papel, a forma perfeita de enviar essa mensagem é com vídeos e música.

MIYAVI: Na verdade, este logo e o MV foram decididos na noite passada. (risos)

YOSHIKI: Aliás, eu ainda não vi o MV.

MIYAVI: Ninguém viu.

SUGIZO: Acabou de ser feito.

YOSHIKI: Também vamos vê-lo pela primeira vez. Quando for para o YouTube preciso garantior que vá certo. (risos) Vocês estão achando que eu estou brincando, não é? Mas estou falando muito sério.

SUGIZO: A coletiva começou tarde porque o vídeo não estava pronto, então estávamos irritados. Foi por isso que começou tarde. (risos)

[O teaser começa a ser transmitido no telão.]




MC: Isso foi muito legal! Vocês nos apresentaram duas músicas. Podem nos contar um pouco sobre elas?

YOSHIKI: Como o SUGIZO disse, estávamos gravando este MV até hoje de manhã. (risos) O nome também foi decidido na noite passada. A primeira música se chama THE LAST ROCKSTARS, que foi composta e escrita por mim.

HYDE: A segunda, PSYCHO LOVE, foi composta por mim e escrita junto com YOSHIKI.

MC: Já que todos vocês são muito talentosos musicalmente e compõe suas próprias músicas, qual vai ser o papel de cada um?

YOSHIKI: Também teremos músicas compostas por MIYAVI e SUGIZO.

MC: HYDE, você disse que conversou com YOSHIKI sobre criar esta banda, mas quando foi isso?

HYDE: Foi há um ano? Um ou dois…

YOSHIKI: Ele foi muito direto.

HYDE: Como o YOSHIKI é incrível, a agenda dele está sempre cheia por estar sempre trabalhando em projetos muito interessantes, assim o tempo vai passando. Foi quando eu disse que primeiro ele trabalharia comigo e depois nos projetos dele. (risos)

MC: Graças a você, HYDE, tenho certeza de que muitos fãs estão muito animados. Esta foi a primeira vez que vocês quatro se apresentaram juntos? Como foi a química entre vocês? Como se sentiram?

YOSHIKI: Eu criei com HYDE a Red Swan, que foi tema de “Ataque dos Titãs”. SUGIZO é membro da X JAPAN, então já nos apresentamos várias vezes juntos. E quanto a MIYAVI, nos apresentamos juntos há dez anos. Na verdade, faz 15 anos.

MIYAVI: Uau!

SUGIZO: O tempo voa…

YOSHIKI: MIYAVI e SUGIZO também já tocaram juntos, e eu já participei de projetos do SUGIZO. Mas acho que para SUGIZO e HYDE essa é a primeira vez juntos.

SUGIZO: Sim… Não, eu toquei em  Red Swan!

MC: Vocês brigam?

MIYAVI: YOSHIKI sim. (risos)

SUGIZO: Ele começa as brigas e eu paro elas. (risos)

YOSHIKI: Não começo não!

SUGIZO: Sempre tentamos parar o YOSHIKI. Tenho feito isso nos últimos 30 anos. (risos)

HYDE: Pessoalmente, acho que você, SUGIZO, fica do lado do YOSHIKI.

SUGIZO: YOSHIKI é um tigre.

MC: Que tipo de brigas vocês têm?

YOSHIKI: Vamos mudar de assunto...

SUGIZO: Na verdade, tudo é muito pacífico.

MC: Vocês vão compor músicas e lançá-las, mas há pessoas de todo o mundo esperando para vê-los ao vivo. O que podem nos dizer sobre shows?

YOSHIKI: Aqui está.

[As datas da turnê THE LAST ROCKSTARS Live Debut 2023 aparecem no telão. Você pode conferir todas na nossa agenda no fim da página.]

MC: O que vocês esperam desses shows?

HYDE: Nós quatro somos como “demônios do entretenimento”, então precisamos mesmo que seja um sucesso, caso contrário será um pouco vergonhoso. Estamos muito animados com isso.

YOSHIKI: Estou levando tudo muito a sério e acredito que nós quatro fomos destinados a estarmos juntos. Mas em estúdio, como todos somos produtores, temos alguns conflitos. Eu sou o líder, mas cada um de nós é um líder. Eu perdi minha mãe em maio e todos foram muito gentis comigo e me disseram para seguir em frente. Estou muito grato, porque isso foi muito encorajador e senti que ainda posso tocar rock.

MIYAVI: Como estávamos gravando e filmando ontem à noite, vejo que conseguimos realizar um grande feito. Então, quando trabalhamos juntos e entramos em conflito, eu não sei o que vai acontecer. Só estou muito animado e quero compartilhar isso com todos.

YOSHIKI: Eu sei o que vai acontecer. (risos)

MIYAVI: Não, você não sabe! (risos)

YOSHIKI: Que escolha nós temos a não ser conquistar o mundo?

MIYAVI: Nós não estaríamos aqui se não pudéssemos fazer isso.

YOSHIKI: É por isso que nos chamamos THE LAST ROCKSTARS. Pensamos nisso quando nomeamos a banda.

SUGIZO: Escolhemos esse nome por um motivo. Viveremos para fazer jus a esse nome, então desde que criemos várias músicas, este vai ser um novo padrão de rock.

MIYAVI: O rock não ficou no passado. Queremos mostrar como ele evoluiu e sua nova forma.

MC: Vocês gostariam de compartilhar conosco qual caminho pretendem seguir?

MIYAVI: Não, porque acabamos de criar esse teaser. (risos)

MC: Talvez uma visão?

YOSHIKI: Bem, todos nós já nos apresentamos no exterior, então a nossa visão é conseguir compartilhar a nossa música com o mundo.


Seção de perguntas e respostas com a mídia

Vocês já têm em mente alguma banda de abertura para os shows dos EUA?

YOSHIKI: Eu não sei que tipo de produção teremos para esses shows nos EUA. É difícil achar bandas que se encaixem com o que estamos tentando fazer, nós somos muito ecléticos, mas ao mesmo tempo tempos uma visão...

MIYAVI: Somos uma banda nova.

YOSHIKI: Exatamente! Pode ser que tenhamos shows de abertura, mas ainda não temos nada em mente. Veremos.

YOSHIKI, você esteve no México há duas ou três semanas. O México está nos seus planos com a banda?

YOSHIKI: Sim, eu estava em turnê com a Sarah Brightman. Muitas coisas aconteceram… Meio que tudo desmoronou e tive que cancelar um show, mas... Acho que todos aqui já tocaram no México. MIYAVI, você já tocou, certo?

MIYAVI: Sim, já estive na Cidade do México. Eu adoraria ir.

HYDE: Eu também.

SUGIZO: Eu toquei lá com a X JAPAN e com a JUNO REACTOR.

MIYAVI: Sim, esse país é demais!

YOSHIKI: Amamos o México, então mal podemos esperar para voltar.

Já que vocês escolheram um nome não audacioso como THE LAST ROCKSTARS, o que a palavra “rockstar” significa para vocês?

MIYAVI: Estilo de vida. Não é sobre beber cerveja e quebrar coisas… Esse não é o nosso tipo de rock. É sempre desafiador fazer algo completamente novo e abrir novos caminhos. Acho que essa é a parte legal da música e também poder compartilhar essa animação com o público, então isso é quem somos. Este é o significado do rock para mim… para nós, eu acho.

SUGIZO: É claro que o meu rock significa atitude e filosofia, e a coisa mais importante é inovação e evolução. Não é um gênero musical, rock é filosofia.

HYDE: Pra mim é sobre beber cerveja. (risos)

MIYAVI: Eu acabei de dizer que não é sobre isso! (risos)

HYDE: Diversidade é importante, então sim, cerveja. (risos)

MIYAVI: Acho que é a emoção. Eu acho que é isso.

SUGIZO: Na verdade, o mais importante é que o nome da banda é irônico. Como eu disse antes, as bandas de rock estão se extinguindo e temos que recuperar isso. Foi por isso que escolhemos esse nome.

YOSHIKI: Quando eu estava no Ensino Fundamental, meus professores perguntaram o que eu queria ser quando crescesse e eu disse que queria ser um rockstar. Eles me mandaram parar de brincar…  Aconteceu a mesma coisa quando eu estava no Ensino Médio, pediram para escrever o que eu queria me tornar e eu disse que queria ser um rockstar. Então, aqui estamos.

Vocês já fizeram várias parcerias em seus outros projetos. YOSHIKI na música clássica e em parceria com artistas de Sarah Brightman a Chainsmokers, e HYDE tem uma música com a Apocalyptica. SUGIZO trabalhou com a JUNO REACTOR, e MIYAVI lançou um single recente com um DJ francês. Que tipo de influências musicais dos outros projetos vocês podem trazer para esta nova banda?

HYDE: Quando todos nos reunimos aqui, eu não conseguia imaginar o que poderia acontecer. Eu estava um pouco preocupado, mas quando penso sobre isso, as bandas de rock estão sempre inspirando e motivando uma à outra; isso é sobre química e é o mais divertido em uma banda. Então, foi assim que percebi que essa é uma reunião muito doida de pessoas. A abordagem de todos é muito inovadora e nova, então é muito divertido.

MIYAVI: Nós nunca sabemos como vai ser e é por isso que é divertido. Este é o motivo de estarmos aqui. Isso é o rock para nós, então vocês verão como será.

SUGIZO: O mais importante é que não há um baixista nesta banda. Então sem um baixo, a música…

MIYAVI: Eu achei que eu ia tocar o baixo. (risos)

SUGIZO: HYDE tocar baixo e cantar é uma novidade, não é?

YOSHIKI: Eu deveria tocar então?

SUGIZO: Mas e a bateria?

YOSHIKI: Estou brincando. (risos) Nós deveríamos convidar alguém? Como vocês sabem, nós somos muito versáteis. Eu toco piano, bateria e ouço de música clássica a rock. Assim como MIYAVI, HYDE e SUGIZO. Cada um tem seu estilo, mas ao mesmo tempo temos a mente muito aberta. Muitos artistas de hip-hop ficam muito famosos por meio de parcerias, eles se ajudam e compartilham seus pontos fortes, então porque não fazer algo assim? Temos nossos próprios pontos fortes. Podemos fazer uma música super pesada e eu incluir um pouco de piano ou MIYAVI pode dar um toque de DJ, HYDE pode adicionar alguns gritos e SUGIZO pode trazer algum som muito legal e louco. É muito motivador quando estamos em estúdio, porque podemos trazer novas ideias. A música que HYDE compôs, PSYCHO LOVE, ficou com um toque bem eletrônico. Eu escrevi THE LAST ROCKSTARS depois que começamos a trabalhar juntos, então eu estava pensando no tipo de música que eu queria tocar e foi assim que compus. Logo, as possibilidades são ilimitadas e estou muito animado.

MIYAVI: A resposta é que nunca sabemos como será. (risos)

YOSHIKI: Ao mesmo tempo, temos uma visão, não é? Uma coisa que eu aprendi é que nunca sabemos quando vamos desaparecer do mundo. Podemos não estar vivos amanhã. Eu já já vi muito isso. Então, se este for o momento final, vamos colocar toda a nossa energia nisso. Esta é a sensação.

Quando vocês quatro apareceram no palco, realmente tivemos a sensação como se fossem “Os Vingadores” chegando. Como vocês se conhecem há muito tempo, o que acham um do outro como músicos?

YOSHIKI: Não existem muitas pessoas como o MIYAVI no mundo. Temos muita sorte de termos nascido no mesmo país. Mas se eu não conhecesse o MIYAVI, eu provavelmente me perguntaria quem era esse cara, porque ele é extremamente talentoso e isso não tem a ver com ele ser japonês… A presença e vivacidade dele são incríveis. Ele não tem escolha; ele precisa cair no mundo. Eu sempre quis trabalhar com ele, então é uma honra. MIYAVI criou seu próprio estilo de tocar guitarra e isso é incrível!

MIYAVI: Obrigado! Vou comprar o seu energético. (risos)

YOSHIKI: Como vocês sabem, HYDE é vocalista da L'Arc-en-Ciel, e eu já assisti a shows dele solo  e com a VAMPS no exterior. Eu tive a oportunidade de trabalhar com cantores incríveis, incluindo o TOSHI, mas o HYDE tem seu próprio estilo vocal. Ele consegue cantar lindamente, mas também inclui gritos. HYDE é um estilo, é vocalista do estilo HYDE. Ele é alguém que criou seu próprio estilo. Mesmo quando estamos gravando, fico impressionado com os falsetes e com o alcance vocal. Ele é como uma espécie em extinção.

Eu conheço o SUGIZO há 30 anos e se ele não estivesse aqui, a X JAPAN não teria se reunido; então, sou muito grato a ele. Falando de guitarra, o SUGIZO também tem seu próprio estilo. Quando gravamos recentemente, eu percebi que o som do SUGIZO é ele mesmo. Ele consegue fazer um estilo barulhento muito bem, é lindo. Fizemos várias parcerias de piano e violino, então digo que o SUGIZO também é um estilo. Mais do que guitarristas e vocalistas, esses três são seus próprios estilos.

HYDE: Posso começar a falar sobre o YOSHIKI? Não existiu ninguém igual ao YOSHIKI no passado. Também não existirá ninguém como ele no futuro, então poder passar um tempo com ele assim é muito enriquecedor. Cara hora que passo com ele é muito motivadora. Não há ninguém como ele, que vive o rock, então este é o sentimento que temos.

YOSHIKI: Fico muito honrado, obrigado.

MIYAVI: HYDE criou seu próprio estilo como vocalista, e ele é legal e fofo.

YOSHIKI: Todos somos fofos. (risos)

MIYAVI: Eu amo esse equilíbrio. Como líder, ele tem esse carisma único. SUGIZO é o professor. Ele seria o Dr. Estranho em “Os Vingadores”. Na banda, ele é o cérebro. Podemos confiar nele musicalmente. YOSHIKI como músico é um rockstar. Nós dois saímos do Japão e caímos no mundo e isso não se trata só de fazer música boa, há várias coisas como o próprio estilo de vida. Desafiar o mundo é muito difícil. Tem muitas coisas que nos fazem sentir vergonha… Temos algumas dificuldades e compartilhamos isso. Logo, YOSHIKI é a única pessoa que conseguiria nos unir. Mesmo se algo se perca, ainda faremos isso juntos. Então, é graças a você, YOSHIKI, que estamos aqui.

YOSHIKI: É uma honra. Obrigado. Estou dando tudo de mim, mas vocês me protegem e me apoiam.

SUGIZO: MIYAVI faz mais de dez anos que nos conhecemos. Eu fiquei chocado em ver essa mistura incrível de talento e qualidade musical. Suas habilidades musicais, em performance, seu ritmo… Tudo é excepcional, então você é um verdadeiro gênio. Eu sempre fico impressionado, e, além da música, somos filantropos, então respeito muito isso.

HYDE e eu nos conhecemos há muito tempo, mas não nos falávamos muito. Eu assisti alguns shows da L'Arc-en-Ciel antes de estrear, mas sempre soube que eram uma banda ótima. Quando percebi, eles cresceram e ficaram famosos nos anos 1990, então ele é como um companheiro que cresceu comigo e finalmente estamos trabalhando juntos. Quando HYDE canta a música que eu criei, ela se torna a música do HYDE. Ele é fantástico.

YOSHIKI, eu te conheço a quase 32 anos, então se fossemos uma vila, você seria o nosso chefe. Agora que chegamos juntos aos 50, você é como um irmão mais velho para mim. Como o HYDE disse, você é um um século ou dois. Você é genial como Mozart… Então, é como se tivéssemos agora Beethoven, Mozart e Schubert trabalhando juntos. Com muita sinceridade, eu respeito vocês demais e é uma honra podermos trabalhar juntos.

Todos vocês são estrelas. Em uma palavra, qual diferencial vocês trazem para essa banda? As duas músicas são em inglês, isso foi premeditado? As músicas serão em inglês?

MIYAVI: O que posso trazer para esta banda, em uma palavra, é “explosão”. Acho que esse é o meu papel. Quero dizer, na nossa química. Acho que vamos misturar inglês e japonês, talvez um pouco de chinês… estamos abertos.

SUGIZO: Essa é uma pergunta muito difícil, porque todos são um tanto explosivos e conhecimento musical. Talvez glamour, explosão e elevar o potencial da música… Eu não sei…

HYDE: Em uma palavra? Potencial. Nós trabalhamos individualmente e agora tudo está conectado. Então, daqui em diante, quero ver como as coisas serão porque só conseguimos ver esse futuro se tornando algo cada vez maior. Eu sinto isso.

YOSHIKI: Eu diria “amor”. O motivo pelo qual queremos desafiar o mundo e sermos grandes rockstars, o porquê de nos chamarmos THE LAST ROCKSTARS, é porque as nossas vidas são limitadas, mas a nossa música e o nosso estilo de vida continuam vivos. Não estaremos aqui para sempre, algum dia morreremos, mas a forma como vivemos a nossa vida criando música vai durar para sempre. Enquanto vivermos, podemos inspirar o mundo a transmitir amor. Não consigo viver sem música e sem amor. Na minha vida, eu tenho sido muito suicida, mas ao mesmo tempo estou cercado de fãs, companheiros e pessoas incríveis, então foi por isso que consegui seguir em frente. Não estamos tentando apenas ser famosos; não estamos tentando só conquistar o mundo, acho que estamos tentando espalhar amor.

Vocês têm shows marcados no Japão e dos EUA e como todos já se apresentaram no exterior, estão planejando shows na Ásia e na Europa também? Tem algum festival de rock que vocês gostariam de participar?

YOSHIKI: Vou colocar a minha alma em cada música que eu criar, mas, pessoalmente, não sei quantos shows conseguirei fazer. Não consigo imaginar fazer 100 shows, então preciso ter cuidado ao planejar quantos eu posso fazer. Se formos para a França, Alemanha… se nossos fãs nos levarem até lá, eu adoraria, mas cada show seria… basicamente, como se eu estivesse perdendo a minha vida. Cada show é muito importante para mim, então não quero tornar isso difícil só para ir para o exterior. Mas é claro que eu adoraria viajar para muitos lugares.

MIYAVI: Vamos fazer mais de 100! Como faremos seis, isso significa que faltam 94?

YOSHIKI: É claro que eu quero, mas quem sabe... podemos não ter os seis shows. (risos) Estou brincando. Faremos todos. Meu último show foi no Choachella e foi muito estimulante. Uma vez que o público não necessariamente é nosso fã, precisamos levar tudo muito a sério, caso contrário, as pessoas jogarão latas de cerveja em nós. É muito motivador. Eu adoraria me apresentar em festivais internacionais. HYDE também já se apresentou, não é?

HYDE: É engraçado porque você vê as pessoas em seus celulares enquanto você se apresenta e eu fiquei… Eu queria pegar o celular e falar com quem estava do outro lado. Mas sim, todos nós nos apresentamos e enfrentamos desafios no exterior e estamos prontos para ser criticados.

SUGIZO: Há lugares em que os shows não esgotam, só temos metade da casa cheia, mas é por isso que sentimos que as pessoas que estão lá são importantes. Queremos dar o nosso melhor e fazer com que aqueles que não foram se arrependam. Este é o tipo de sentimento que temos antes de estrear, mas quando alcançamos o sucesso e isso se torna normal, esquecemos essa sensação. Queremos nos lembrar disso. Todos temos 30 anos de carreira agora.

YOSHIKI: Eu amo esse sentimento de estar longe, longe do Japão, mas, na verdade, em cada show temos fãs do MIYAVI, do HYDE e do SUGIZO. Todos vão torcer por nós, então em qualquer lugar que estivermos, teremos todos nos apoiando. Assim, de certa forma, talvez não estejamos “longe”.

MIYAVI:  Quando me apresento no exterior, quero que aqueles que já nos apoiam performem conosco. Quero a energia deles conosco.

YOSHIKI: Vamos seguir um novo sonho juntos.

SUGIZO: E nossos fãs estão criando música conosco. Posso ouvir os gritos deles e sei que todos se perguntam sobre cada uma das nossas bandas. O importante é que como músicos, conforme crescemos, expandimos e podemos dar o nosso melhor em todos os nossos projetos, LUNA SEA, L’Arc, VAMPSHYDE sempre vai dar o melhor dele. Então, vamos todos seguir um novo sonho juntos.

YOSHIKI: Bem colocado. Estamos falando muito sobre sonhos, mas vamos voltar nisso um dia.

SUGIZO: YOSHIKI, você está aqui porque temos fãs que cuidaram de nós nesses 30 anos, então isso não significa que as atividades das nossas outras bandas vão terminar. Este é o espírito do desafio, nosso instinto como roqueiros. Então, isso vai fortalecer as nossas atividades.

YOSHIKI: Sair da zona de conforto não é fácil. Eu acredito muito que os nossos fãs vão nos apoiar. Nosso futuro vai depender se esta banda vai ter sucesso ou não, então espero que nossos fãs nos acompanhem.

Os links para adquirir ingressos para os shows de estreia da THE LAST ROCKSTARS estão disponíveis no site oficial da banda.

 THE LAST ROCKSTARS - Official Website
ANúNCIO

Galeria

Eventos relacionados

Data Evento Local
  
26/01/20232023-01-26
10/02/2023
Turnê
THE LAST ROCKSTARS
  
26/01/20232023-01-26
Show
THE LAST ROCKSTARS
Ariake Arena
Tokyo
Japão
  
27/01/20232023-01-27
Show
THE LAST ROCKSTARS
Ariake Arena
Tokyo
Japão
  
29/01/20232023-01-29
Show
THE LAST ROCKSTARS
TOKYO GARDEN THEATER
Tokyo
Japão
  
30/01/20232023-01-30
Show
THE LAST ROCKSTARS
TOKYO GARDEN THEATER
Tokyo
Japão
  
03/02/20232023-02-03
Show
THE LAST ROCKSTARS
Hammerstein Ballroom
New York, NY
EUA
  
04/02/20232023-02-04
Show
THE LAST ROCKSTARS
Hammerstein Ballroom
New York, NY
EUA
  
10/02/20232023-02-10
Show
THE LAST ROCKSTARS
Hollywood Palladium
Los Angeles, CA
EUA
ANúNCIO